A Oliveira

Uma oliveira é um testemunho vivo de tradição milenar, transportando consigo o sabor das mais antigas civilizações. Estas árvores desempenharam um papel fundamental nas economias mediterrânicas, nomeadamente de Portugal, Espanha, Grécia e Itália, e foram uma presença constante, ao longo dos tempos, em todas as culturas da orla mediterrânica.

Escravo romano trabalhando na apanha da azeitona

A quantidade de referências às oliveiras existentes na Bíblia demonstram a importância que tinham entre os hebreus, de um ponto de vista material e simbólico. Na realidade, a origem da oliveira parece localizar-se precisamente no Médio Oriente, com referências que remontam há 6.000 anos atrás. Não existe um consenso entre os especialistas quanto à proveniência exacta da espécie: se alguns historiadores apontam a Pérsia, outros inclinam-se para o vale do Nilo, enquanto alguns defendem a zona do vale do Jordão. Contudo, a maioria dos estudiosos inclinam-se para a área delimitada entre os rios Tigres e Eufrates, que, ao longo dos tempos, abrigou as civilizações Suméria, Mesopotâmica, Assíria e Árabe, sendo hoje o coração do Iraque.

[Página Seguinte]
[Download de Tratamento das Óleas - PDF ] [Download de "Infestantes no Olival"]

Novidade
Oliveiras Invulgares e Curiosidade


www.ecossistemas.com

© Ecossistemas, 2006